24 de Marzo del 2021
+ posts

Educación pública sobre plantas psicoactivas, ahora en portugués y español.
Educação pública sobre plantas psicoativas agora em português e espanhol.

Com Isabel De Rose e Lucas Maia

Neste momento tão grave que atravessamos, chegamos a um ano de pandemia no Brasil vivenciando o pior momento da crise, que se sobrepõe a uma política genocida do governo federal e uma série de problemas sociais que reverberam também na saúde física e mental das pessoas.

Nesse panorama, os temas dos psicodélicos e sua relação com as questões de saúde, doença e cura emergem como algo que tem cada vez mais chamado a atenção das pessoas que buscam alento e esperança em meio a esse cenário.

Nesta sexta-feira, dia 26/03, o Chacruna Latinoamérica irá transmitir um diálogo sobre sobre esse tema, que apesar de sua importância ainda é pouco debatido na esfera pública brasileira.

Esse evento público e gratuito vai debater as noções de doença, cura e saúde no interior do universo ayahuasqueiro, e para isso teremos a honra de receber a antropóloga Isabel Santana De Rose e o biólogo Lucas Maia.


Isabel Santana De Rose possui graduação em Ciências Sociais com Habilitação em Antropologia pela Unicamp (2002), Mestrado (2005) e Doutorado (2010) em Antropologia Social pela Universidade Federal de Santa Catarina e Pós-Doutorado pelo PPGAS UFSC/INCT Brasil Plural (2010-2012), pelo PPGAN/UFMG (2014-2016) e pelo PPGCOM/UFMG (2017). Foi professora visitante na UFMG, e atuou junto ao programa de Formação Transversal em Saberes Tradicionais desta universidade. Atualmente é professora visitante no Programa de Pós Graduação em Antropologia da UFAL, coordenadora do CuraRe – Coletivo de Estudos sobre Religião e Cura e pesquisadora do Mandacaru, Núcleo de Pesquisa em Gênero, Saúde e Direitos Humanos. Também é pesquisadora do Núcleo de Estudos Interdisciplinares sobre Psicoativos (NEIP), e autora de diversos artigos publicados em livros e revistas especializados e tenho experiência na área de Antropologia, com ênfase em antropologia da religião e antropologia da saúde; rito, simbolismo e performance; xamanismo e etnologia indígena.

Lucas Maia é Bacharel em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Goiás (UFG), Mestre em Ciências (Psicofarmacologia) pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) e Doutor em Ciências (Saúde Mental) pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Atualmente, realiza Pós-Doutorado pelo Center for Applied Research in Mental Health and Addiction, Simon Fraser University (Canadá); é membro da Cooperação Interdisciplinar para Pesquisa e Divulgação da Ayahuasca (ICARO), da UNICAMP; e professor voluntário no Programa de Pós-Graduação em Psiquiatria e Psicologia Médica da UNIFESP. Estuda o potencial terapêutico de plantas e substâncias psicoativas em saúde mental, atualmente com foco na ayahuasca. Autor de artigos científicos, capítulos de livros e artigos de divulgação científica sobre psicodélicos, saúde mental e políticas sobre drogas. É co-fundador e coordenador da plataforma de divulgação científica sobre psicodélicos www.cienciapsicodelica.com.br.

Te podría interesar

Loading...